Bagagem de mão

Indenizar >

Bagagem de mão

Para quem está sempre viajando, muitas vezes uma bagagem de mão resolve o problema. Afinal, ali cabem uma muda de roupa, alguns outros itens pessoais e os documentos. Tudo que um viajante rápido precisa ter à mão.

Por outro lado, para quem viaja com menos frequência, montar a mala é uma verdadeira dificuldade. Tudo parece importante e tudo deve estar na mala. Algumas coisas, no entanto, precisam ficar à mão e, por isso, devem ir na bagagem de mão.

Mas, afinal de contas, como saber o que pode e o que não pode ser levado na bagagem de mão? Afinal, o que é considerado bagagem de mão? Há algum limite de peso para esse tipo de mala?
Para esclarecer esses e outros pontos, preparamos um texto completo, com tudo o que você precisa saber sobre a bagagem de mão e como viajar tranquilo, sem surpresas ou dores de cabeça.

O que é bagagem de mão?

A bagagem de mão é, como seu próprio nome diz, aquela bagagem pequena, que pode ser transportada dentro do avião sem precisar ser despachada com o restante da bagagem mais, digamos, pesada.
Para efeitos práticos, são considerados como bagagem de mão, uma mala com até 10 quilos e um item pessoal. Esse último pode ser, por exemplo, uma bolsa menor com documentos ou dinheiro, por exemplo.

Guia de bagagem de mão

Guia de bagagem de mão

O que é franquia de bagagem?

Assim como a bagagem de mão, franquia de bagagem é outro termo bastante repetido e que pode causar certa confusão nos viajantes, principalmente aqueles que não estão tão familiarizados com viagens.

A franquia de bagagem nada mais é do que a quantidade de peso e número de volumes a que todos os passageiros tem direito a carregar dentro da aeronave, seja como bagagem de mão ou em suas malas despachadas, no porão do avião.

Embora alguns considerem a franquia algo incômodo e até bastante chato, ela é fundamental para que as viagens sejam seguras e não ocorram incidentes por excesso de carga nos aviões.

No entanto, como ela costuma variar de acordo com a companhia aérea, o ideal é que cada viajante consulte a empresa conde comprou a passagem para tirar todas as suas dúvidas sobre a franquia de viagem.

Nesse momento, a empresa pode informar, por exemplo, qual o tamanho das malas, seu volume e tamanho, permitindo que os viajantes se adaptem e não tenham multas ou outras surpresas desagradáveis.

O que é permitido transportar dentro da bagagem de mão?

Embora ela seja definida como aquela mala que pode ser transportada na mão e que tem um peso definido, não é tudo que pode ser levado nessa bagagem. É preciso ficar atento ao que pode ser colocado ali, para não pagar multas ou ter problemas com suas malas.

Por exemplo, estão liberados como bagagem de mão o transporte de uma bolsa de mão ou maleta e de peças que possam ser guardadas embaixo do banco de passageiros ou no compartimento do avião.

São consideradas bagagens de mão também peças como sobretudo, mantas ou cobertores, guarda-chuva ou bengalas, desde que esses não sejam pontiagudos e material de leitura, desde que em quantidade razoável.

Qual o tamanho e o peso das malas que podem ser transportadas dentro do avião?

Quando pensamos em bagagem de mão, logo vem à nossa mente uma bagagem pequena, que seja funcional e não pese tanto para carregar como também não ocupe muito espaço no compartimento de carga.

Por isso, para ser transportada dentro do avião, uma mala deve ter 115 centímetros, incluído as rodas, os bolsos e as alças.

Seu peso não deve superar os 10 kg em voos nacionais. Contudo, esse valor pode mudar, para cima ou para baixo, dependendo da classe escolhida no voo e do destino.

Como esses valores costumam ser alterados de acordo com cada companhia aérea, é importante que o passageiro se informe antes de viajar, para que possa montar a mala corretamente e não encarar prejuízos financeiros.

O que tem seu transporte liberado dentro do avião?

Quando vamos montar nossa mala, é comum nos confundirmos sobre o que pode ser incluído na mala de mão, para ser transportado dentro do avião e ficar à mão, sempre que precisarmos.

Neste caso, podem ser transportados dentro do avião os seguintes itens: cosméticos sólidos (batom, protetor labial e desodorante, dentre outros), mamadeiras e alimentos infantis industrializados (sua quantidade deve ser suficiente apenas para o voo).

Passageiros que fazem uso de medicamentos essenciais podem transportar esses produtos, desde que tenham a prescrição médica em seu nome. Já aqueles que não precisam de prescrição médica (como remédios para dor de cabeça ou resfriado) podem ser transportados na bagagem de mão, desde que não superem os 100 ml.

Além disso, podem ser transportados na bagagem de mão também itens pessoais (documentos, carteira e outros itens menores, como óculos, joias e cintos), além de aparelhos eletrônicos de uso pessoal (celular, notebooks, câmeras fotográficas, tablets, dentre outros.).

O que não pode ser levado na bagagem de mão?

Assim como o viajante atento monta sua bagagem de mão apenas com aquilo que ele sabe poder ser transportado, é necessário ficar atento ao que não pode ser incluído ali, sob nenhuma hipótese e sob o risco de sua mala ou mesmo você não serem transportados.

Por exemplo, não podem entrar nas bagagens de mão objetos cortantes ou perfurantes (canivetes, tesouras de unha e outros). Caso seja importante levar tais instrumentos, eles devem ser colocados na bagagem despachada.

Quem precisa levar líquidos, géis ou substâncias pastosas, precisa incluir cada uma delas em uma embalagem plástica de até um litro. Cada frasco levado não pode pesar mais do 100 ml.

Já os alimentos para bebês ou líquidos especiais podem ser incluídos na bagagem de mão apenas em quantidade suficiente para o seu consumo enquanto a viagem não tiver terminado.

É importante destacar também que todos os passageiros têm direito a levar consigo uma bagagem de mão. A exceção aqui ficar por conta das crianças de até dois anos, que precisam pagar uma tarifa de 10% para elevar sua bagagem.

Já os passageiros com necessidades especiais, durante a viagem, podem incluir itens como cadeiras de rodas completamente desmontável como bagagem de mão.

Entretanto, essa cadeira será armazenada no porão do avião. O passageiro precisa informar para os comissários de bordo quando pretende usar o equipamentos.

Exceções de transporte da bagagem de mão

Como em todas as esferas dessa vida, quase sempre, existe uma exceção, separamos neste tópico todas as exceções e que podem ser transportadas na bagagem de mão.

São consideradas exceções e podem ir para a bagagem de mão saca-rolhas, canetas, lápis e lapiseira menores do que 15 cm, isqueiro com gás ou fluído inferior a 8 cm e fósforos (é permitido levar uma caixa com até 40 palitos por passageiro).

Também estão liberadas bengalas, os guarda-chuvas e o martelinho usado em exames médicos.

Além destes itens, podem ser incluídos na bagagem de mão, opções como aparelho de barbear com cartucho, objetivos com lâminas menores que seis centímetros (como canivetes, cortadores de unhas, tesourinhas sem ponta e pinças).

São permitidos também os aerossóis de uso médico ou de higiene pessoal (até quatro frascos de, no máximo, 300 ml ou 300 g por passageiro), termômetros de medição térmica e relógio de pulso com alarme.

O que é bagagem especial?

Muitas vezes, esportistas ou mesmo passageiros estressados e dispostos a relaxar pretendem levar alguns itens diferentes em sua bagagem de mão. Embora permitidos, eles são armazenados de outra forma, enviados como bagagem especial.

Assim como a bagagem tradicional, os itens especiais não podem superar o peso máximo estipulado pela franquia de bagagem da companhia aérea, ou senão o passageiro arcará com esse peso a mais.

Podem ser embarcadas como bagagens especiais os seguintes itens: vara de pescar, prancha de surf (unidade), bicicleta (unidade), Sky ou snowboard (unidade), arco e flecha, kite surf (unidade), tacos de golfe, bastões de esquis, hóquei no gelo, de marcha, patinete e skate.

Instrumentos musicais (como violão e violoncelo) e televisores e monitores também se enquadram nessa categoria.

Além da comida para bebês, podemos transportar alimentos na bagagem de mão?

Em programas de televisão é comum vermos pessoas transportando (ou tentando) entrar em outros países transportando os mais diferentes tipos de alimentos.

Mas, afinal de contas, é permitido entrar com alimentos na bagagem de mão. A resposta é: depende de sua rota.

Nos voos nacionais, por exemplo, o viajante pode entrar na aeronave com alimentos e bebidas. No entanto, em voos internacionais não é permitido entrar com alimentos in natura, como frutas ou laticínios.

Então, antes de encher sua bagagem de mão com lanches, verifique se a vigilância sanitária do destino para onde está indo permite esse transporte e quais as regras de armazenamento.

Como funciona o que é permito em bagagem de mão nas principais companhias aéreas?

Como dissemos antes, cada companhia aérea tem uma regra diferente sobre o que é ou não permitido ser incluído como bagagem de mão. Confira abaixo o que as principais empresas aéreas falam sobre o tema.

Bagagem de mão na Azul

Os passageiros da Azul podem incluir documentos, dinheiro, remédios, aparelhos eletrônicos e itens de maior valor em sua bagagem de mão, além de materiais para leitura, blusas extras e casacos.

 

Bagagem de mão na Avianca

Na Avianca, podem ser transportados na bagagem de mão os documentos pessoais do viajante, uma manta ou coberta, guarda-chuva ou bengala (desde que não sejam pontiagudos) e equipamentos eletrônicos.
Instrumentos musicais também podem ser transportados como bagagem de mão, desde que estejam na embalagem correta e tenham até 150 centímetros.

Bagagem de mão Latam

Os passageiros da Latam podem incluir em sua bagagem de mão dinheiro, documentos e itens pessoais, assim como blusas, jaquetas, guarda-chuva e material de leitura, além de aparelhos eletrônicos.

Podem ser transportados também até quatro frascos de produtos em spray e perfumes (cada um deles deve ter capacidade para até 300 ml ou 300 mg) e uma sacola pequena do Duty Free.

Instrumentos musicais também podem ser transportados como bagagem de mão, que sejam do tamanho de uma mala de mão.

Bagagem de mão na Gol

Além dos itens pessoais, documentos, dinheiro e joias, a Gol permite que seus passageiros levem como bagagem de mão itens como livros, guarda-chuva, mantas e casacos, além de aparelhos eletrônicos, câmeras fotográficas e laptops.

Passageiros com instrumentos musicais podem incluí-los em sua bagagem de mão, desde que ele esteja dentro dos padrões.

Como montar uma boa mala de mão

Além do cuidado em atingir o peso correto, para não cair na armadilha do excesso de peso, existem alguns truques que ajudam a economizar e manter tudo muito bem organizado.

Um deles é levar sacolas à vácuo para acondicionar as roupas de viagem. A tecnologia desses produtos retira o ar, impedindo que o volume fique excessivo e facilitando para que sua mala esteja dentro da franquia contratada.

Outro cuidado importante é tomar cuidado com os presentes de parentes e amigos. Embora seja divertido presentear quem amamos, é importante tomar cuidado com o peso final da mala.

Quem vai montar a bagagem de mão precisa se conscientizar de que é preciso apenas uma ou, no máximo, duas bolsas para suas roupas durante a viagem. O excesso de malas, sacolas e mochilas só confunde, além de ser um prato cheio para o excesso de bagagem e uma multa salgada.

Cuidados com a bagagem de mão

O extravio de bagagens, infelizmente, é um problema que afeta a todos, sejam viajantes experimentados como aqueles que ainda fazem poucas viagens, nacional ou internacionalmente.

Por isso, é muito importante que o passageiro fique bem atento à sua bagagem de mão. Isso porque, ao contrário da bagagem despachada, que a companhia aérea deve se responsabilizar em caso de extravio, com a bagagem de mão isso não acontece.

Como ela está sob os cuidados de seu dono, a companhia aérea presume que será ele quem vai se responsabilizar pela mala. Por isso, fique muito atento ao transportar sua mala de mão.

Viajar é uma das melhores coisas que uma pessoa pode fazer, mas antes de cair na estrada é importante se preparar, montando a mala do jeito certo e sem surpresas.

Teve problema com voo cancelado, atrasado ou overbooking?